terça-feira, 16 de novembro de 2010

3

Câncer de próstata: em testes substância presente na soja utilizada para conter metástase

Estudos com homens japoneses, entre os quais é grande o consumo da soja e seus derivados, mostraram que a incidência do câncer da próstata era muito menor do que nos homens que vivem nos países ocidentais.
Os grãos de soja contém um composto singular denominado genisteína, também chamado de fitoestrógeno ou hormônio vegetal, que possui uma ação estrogênica moderada, a qual atua na prevenção de cânceres relacionados com o estrogênio.
Pesquisas realizadas no Japão, nos Estados Unidos e na Europa têm mostrado que a ingestão diária de alimentos à base de soja como, por exemplo, o tofu (queijo de soja), missô, e natto (especialidades da cozinha oriental) reduzem os riscos de cânceres de mama e de próstata em 50%.
A soja e seus derivados também possuem uma ação preventiva quanto aos cânceres de cólon, reto, estômago e pulmão. Para que os tumores aumentem seu tamanho, é necessário o desenvolvimento de novos vasos sanguíneos. O bloqueio desse processo é visto como uma maneira potencialmente importante para controlar o câncer. A genisteína também inibe a formação desses vasos e, conseqüentemente, o desenvolvimento dos tumores cancerígenos.

Agora, uma droga nova, feita a partir de uma substância química encontrada na soja, pode impedir o movimento das células cancerosas da próstata para o resto do corpo, contendo a evolução do câncer na região, segundo um estudo divulgado por pesquisadores dos Estados Unidos. 

A genisteína, encontrada naturalmente na soja, está sendo usada no laboratório do professor de hematologia e oncologia Raymond Bergan, diretor de terapêutica experimental no Northwestern’s Robert H. Lurie Comprehensive Cancer Center, para inibir células de câncer de próstata que estão em processo de metástase. 

Em estudo recente, realizado com 38 homens com câncer de próstata, administrou-se uma vez ao dia uma pílula cuja fórmula tinha genisteína, um mês antes da cirurgia. O tratamento teve efeitos promissores sobre as células cancerosas da próstata.
Os pesquisadores examinaram as células cancerosas da próstata dos pacientes após a cirurgia e descobriram que a genisteína aumentou a expressão de genes que inibem a invasão das células cancerosas e reduziu a expressão de genes que aumentam a invasão, explica Bergan.
O próximo passo é a realização de um outro estudo, para ver se a droga pode fazer as células cancerosas pararem de se mover para fora da próstata e para o resto do corpo. Se confirmado, Bergan disse que essa poderá ser a primeira terapia para qualquer tipo de câncer.
Se essa droga pode efetivamente conter o câncer de próstata, uma terapia similar pode ter o mesmo efeito sobre as células de outros tipos de câncer.
Traduzido de Northwestern’s Robert H. Lurie Comprehensive Cancer Center. Editorial e edição de ilustração pelo autor do blog.

Receitas: Carne de soja com escarola, Estrogonofe de Soja,  Almôndega de soja recheada, Farofa de soja

3 Comentários:

ag-leme disse...

Consumo soja e seus derivados há cerca de 10 anos. Até desenvolvi algumas receitas em conjunto com legumes e massas. É o tipode alimentação que recomendo a todos, em qualquer idade. Saúde.

Anônimo disse...

Tem so que melohorar o sabor que é uma droga

Eu Venci o Câncer de Mama disse...

Oi Daniel, tudo bem?

Passando para agradecer a visita no meu blog,também estou te seguindo e lendo todos os pots que com certeza esta ajudando milhares de pessoas .
E vamos nos falando sempre , meu amigo.

Deus abençõe
Beijos
Virna Soledade
www.superandocancerdemama-virna.blogspot.com