sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

7

6a Quimioterapia (última?)

magritte5
Chegamos Sandrinha e eu  ao Hemocentro, nesta quinta-feira, por volta de 9:00. O mesmo corpo de enfermagem de sempre. A perfusão do Mabthera só começou às 10:20. Cabine 5. Dona Maria de Fátima estava lá prá fazer também o seu último ciclo. Nestes últimos ciclos, basta que eu entre lá no Hemoam prá que eu comece a enjoar.

Tudo correu melhor do que se poderia imaginar. Minha filha, Thati, conseguiu algumas horas pra ficar lá comigo, mesmo sendo fim de mês, quando as coisas complicam às vezes prá ela no trabalho. Levei o laptop e Sandra pode acompanhar os noticiários de que ela gosta com a ajuda de um pen drive que permite receber sinais digitais de TV no PC. 

Lá no Hemoam não tem rede wi-fi (aquela sem fio) e, se tivesse, certamente não seria aberta aos pacientes. A propósito, o custo de instalação de uma rede como essa - mão-de-obra e equipamento - é muito mais baixo do que o de uma rede daquelas com fio, já superadas, e de manutenção muito mais cara. E poderia, se não viesse a ser considerada como um “luxo” desnecessário, ser aberta ao paciente, sem ônus para o Serviço Público, como já acontece há muito tempo em muitos hospitais das redes públicas das grandes capitais.

Soubemos pela Rádio Peão que no dia anterior, quarta-feira, houve um “arrastão” lá no Hemoam: vários caras passaram pela segurança e entraram armados nas alas que prestam atendimento de plantão. Saíram pegando tudo o que viam de valor: bolsas, celulares, jóias, relógios, equipamentos do hospital, e por aí vai. Eu, que reclamara tanto quando tive que transferir de quarta para quinta-feira um compromisso inadiável marcado justamente praquele dia, acabei me sentindo salvo por obra da providência.

Pra encerrar o dia, por volta de 11:00, me apareceu uma auxiliar de enfermagem de outra ala, que eu nunca vira na vida, extremamente “zelosa”, que queria me afogar em soro glicosado. Explico: a planilha médica que tá no meu prontuário estipula a dosagem de duas bolsas de soro fisiológico para terem perfusão distribuída no antes, no durante e no depois da químio. Como a disponibilidade deste soro era limitada ontem, Léo, uma das técnicas, me perguntou se eu concordaria em tomar soro glicosado, já que não sou diabético e não tenho problema de pressão. Mesmo com 9 kg a mais, concordei. O soro serve para hidratação e também para “lavagem da veia” no intervalo entre certos quimioterápicos e no final do ciclo. Coisa de 15 a 20 minutos após a perfusão da última droga ou o término da 2ª bolsa.

Como a enfermeira Gilce tinha que se ausentar, e verificou que a 2ª bolsa de soro estava quase vazia e ainda restavam cerca de 200 ml de ciclofosfamida na perfusão da outra bolsa, trocou a de soro, por medida de segurança. Quando recebi a última gota da ciclofosfamida deixei passar 15 min e pedi à Thati que fosse chamar a tal enfermeira na outra ala. Ela certamente pensou que aquela era ainda a 2ª bolsa de soro e quis me convencer a tomá-la todinha. Como não queria me ouvir acabei me estressando e tive que gritar pra que ela me entendesse.

Permitam-me agradecer a todos os que contribuíram para que eu chegasse até aqui, parentes, amigos (virtuais ou reais), e equipe técnica que me atendeu ou acompanha desde o início de tudo isso, dentre os quais gostaria de destacar: Sandra, minha mulher e companheira de todas as horas; Thati, minha filha e cúmplice de traquinagens; meu irmão, Aldo Guimarães; Dra. Renata, que me deu a maior força desde o início; Dr. Jeancarlo, cirurgião da Fundação CECON; Dr. Nelson Fraiji, hematologista, e Auxiliar de Enfermagem Gilce.

Agora, semana que vem, vou marcar uma consulta particular com o Dr. Nelson (lá no Hemoam é o maior sufoco) e ver se assim ele consegue me dar atenção e tempo para enfim estabelecermos uma relação médico-paciente, atual, saudável, e conversarmos um pouco sobre a minha doença, os próximos passos, pois o que sei até agora sobre ela é genérico e foi pesquisando no Google. Mas o meu tratamento até aqui não poderia ter sido melhor.

Efeito colateral até agora só um pouco de náusea. Tô tirando de letra, rsrsrs.

7 Comentários:

Anitha disse...

Que bom, Daniel, que você está se permitindo dar um passo por vez...Meu Deus do Céu! Isso já é muito!!! Afinal, todos nós só temos o momento presente...O futuro? Quem saberá? Mas podemos chegar até ele com dignidade e vontade de vencer todos os embates com a cabeça erguida e o coração quente...de afetos e de carinhos...dados e recebidos.
Estou na torcida!
Bom final de semana!
Beijo

Anônimo disse...

Parabéns Daniel!!!!
Esta chegado ao fim esta prova que Deus lhe deu!!! E teno certeza que você passou com louvores... Não só pelo exemplo de superação, mas principalmente pelo da FÉ!!!!! Eu e toda minha família nos orgulhamos muito por você ter chegado até aqui e temos a certeza dos frutos que vc ainda irá colher. Parabéns mais uma vez por essa etapa vencida!!!
Beijos!!!!

Léo & Família

atelierdadd@hotmail.com disse...

Oi Daniel, li seu relato sobre a última sessão de quimio. E peço a Deus que realmente tenha sido a última. Sei que existe uma corrente benéfica para que a luz da cura envolva e inunde o seu corpo e traga à tona, o seu Ser pleno e iluminado pela aura límpida da cura. Fico tranquila e feliz porque faço parte dessa corrente. Bom final de semana, bjs. Denise

Roberta Gobeth disse...

Adriano, Roberta e Henri

Oi Daniel!
Lemos seu relato.Parabéns por mais uma etapa vencida. Estamos todos na torcida para que o resultado seja realmente o esperado!!
Ficamos muito impressionados com sua coragem, resistência, fé e tranquilidade para levar o tratamento. Ficamos felizes!!!

Boa sorte!!abcs

Socorro Cunha disse...

Vc vai vencer essa etapa e virar essa página, tenho certeza disso e como consequência vc tirará lições de vida maravilhosas, verá a vida de uma outra forma, e será bem mais feliz!!! Força irmãozinho, aqui em Belém toda a tua família te ama muito e torce por ti.

Anônimo disse...

Daniel, tenho certeza que este capítulo da sua história está chegando ao fim. Acredite, eu também tenho muito que agradecer a você.

Um grande abraço

Renata

cinthia35 disse...

Caro Daniel, Que sensação boa essa de ter passado por esta fase hein!!! Agora é pensar positivo, conectar com energias boas e aguardarmos a próximas providências divinas.
Um grande beijo!!!!
Cinthia, Leo, Gab e Gui.